segunda-feira, 8 de maio de 2017

Seis visitantes são flagrados com entorpecentes em penitenciárias do Vale do Paraíba no último final de semana.


Fonte das 5 presas no Vale do Paraíba: 

https://www.agoravale.com.br/noticias/Policial/visitantes-entorpecentes-penitenciaria-vale-do-paraiba

- 08/05/2017 16h16 - Redação AgoraVale |


Foto : Divulgação/SAPCinco visitantes são flagrados com entorpecentes em penitenciárias do Vale do Paraíba
Cinco visitantes foram flagrantes tentando entrar com drogas em unidades prisionais do Vale do Paraíba neste fim de semana (6 e 7/5), informou a Secretaria da Administração Penitenciária (SAP).




Os visitantes eram 3 companheiras, 1 mãe e 1 pai de detentos que foram surpreendidos na penitenciária de Potim, Tremembé e São José dos Campos. Ao todo, foi apreendido quase meio quilo de entorpecente e dois aparelhos celulares.

Na Penitenciária I de Tremembé, no sábado (6), por volta das 7h30, uma mulher de 23 anos apresentou comportamento suspeito durante revista de rotina. Após a revista dos pertences da mulher, as agentes encontraram 10 gramas de maconha costurada dentro do prendedor de cabelo.

Já na Penitenciária I de Potim, por volta de 9h30, a mãe de um detento, uma mulher de 49 anos, também foi flagrada enquanto passava pelo procedimento padrão de revista. A suspeita trazia um embrulho nas suas partes íntimas, que continha 270 gramas de maconha.

No Centro de Detenção Provisória (CDP) de São José dos Campos, por volta de 9h30, a companheira de um preso, de 21 anos, apresentou atitudes suspeitas durante revista padrão da unidade. Quando questionada, a suspeita confessou que carregava um objeto ilícito em suas partes íntimas. No pacote, havia 49 gramas de maconha, 59 gramas de cocaína e 112 gramas de crack.

No domingo (7), ainda no CDP de São José dos Campos, às 9h40, o pai de um detento, de 59 anos, apresentou comportamento suspeito durante revista. Após examinar os pertences foi encontrado um mini celular e uma placa de telefone escondidos dentro de um sabonete. E a companheira de um detento, de 38 anos, acionou o detector de metais do portal eletrônico do CDP e confessou a existência de um invólucro dentro do corpo e acabou por entregar o material para uma agente penitenciária. No pacote, havia um celular tipo relógio e um chip.

Os visitantes flagrados foram encaminhados para a Delegacia de Polícia e tiveram os nomes suspensos do rol de visitas da SAP.




Fonte de 1 presa em Mogi das Cruzes:
http://g1.globo.com/sp/mogi-das-cruzes-suzano/noticia/mulher-e-presa-com-maconha-e-cocaina-na-vagina-no-cdp-de-mogi.ghtml
Mulher é presa com maconha e cocaína na vagina no CDP de Mogi
Suspeita disse que as drogas eram para o marido. Ela afirmou que temia represálias do companheiro caso não levasse os entorpecentes.
Por G1 Mogi das Cruzes e Suzano
08/05/2017 14h17 Atualizado há 17 minutos
Mulher de 22 anos foi presa tentando entrar com drogas no CDP de Mogi das Cruzes (Foto: Secretaria de Administração Penitenciária/Divulgação) Mulher de 22 anos foi presa tentando entrar com drogas no CDP de Mogi das Cruzes (Foto: Secretaria de Administração Penitenciária/Divulgação)
Mulher de 22 anos foi presa tentando entrar com drogas no CDP de Mogi das Cruzes (Foto: Secretaria de Administração Penitenciária/Divulgação)

Uma dona de casa de 22 anos foi presa em Mogi das Cruzes após tentar entrar com drogas no Centro de Detenção Provisória (CDP) neste domingo (7). De acordo com a polícia, ela estava com porções de maconha e cocaína escondidas na vagina.
As agentes penitenciárias do CDP de Mogi contaram que souberam, por meio de uma denúncia anônima, que a mulher tentaria entrar com drogas escondidas. Quando a suspeita chegou, ela ficou nervosa no momento da revista íntima.
Segundo a polícia, a mulher negou que carregava drogas e por isso foi levada para fazer exames no Hospital Luzia de Pinho Melo. Lá os médicos constataram um objeto na sua região pélvica após o exame de raio-X.
Em seguida, ela confessou que levava drogas e retirou um invólucro feito com preservativo da sua vagina. De acordo com a polícia, a quantidade de droga apreendida totalizou 124 gramas de cocaína e 68 gramas de maconha.
A dona de casa recebeu voz de prisão e foi levada para a delegacia. Já no 1° Distrito Policial, ela disse ainda que as drogas seriam para o seu marido que está preso por tráfico e que temia represálias do seu companheiro caso não cumprisse as exigências.
As drogas foram periciadas e a mulher foi encaminhada para a Cadeia Feminina de Poá.

2 comentários:

  1. Parabéns aos funcionários e funcionárias que participaram destas apreensões essa é a parte boa da nossa profissão

    ResponderExcluir
  2. Reforço o comentário do colega, Parabéns, logar êxito antes de adentrar a unidade, diante das dificuldades que enfrentamos para revistar, onde nada pode. É fácil não! ����

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.