quinta-feira, 13 de julho de 2017

Matéria jornalística sobre o delegado que perdeu o cargo por não enquadrar visitante de presídio.

Agora o diário de Mogi fez matéria sobre o assunto, você viu aqui nesse blog a postagem de uma matéria de um site jurídico, agora a matéria ganhou os holofotes da imprensa.

Fonte da matéria abaixo: Diário de Mogi.
Juiz de Mogi condena delegado por ‘improbidade administrativa atentatória’

11 de julho de 2017 DESTAQUE, Policia
LAÉRCIO RIBEIRO





O delegado Gustavo Henrique Bezerra da Cunha foi condenado por ato de improbidade administrativa atentatória aos princípios da Administração Pública. Em 20 de julho de 2013, ele teve a convicção e optou em não elaborar auto de prisão em flagrante por Tráfico de Drogas, Daniela Cecília Antolini de Lima, a qual pretendia ingressar com 40 gramas de maconha no Centro de Detenção Provisória (CDP), no Bairro do Taboão, em Mogi das Cruzes. Ela se tornou apenas autora de Termo Circunstanciado por Porte de Entorpecentes e foi liberada do Distrito Central.

A decisão foi do juiz Bruno Miano, da Vara da Fazenda Pública de Mogi das Cruzes, o qual julgou procedente a pretensão do Ministério Público, conforme divulgou, ontem em seu site, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Segundo a sentença, Gustavo Bezerra recebeu como sanções “a perda do cargo e ainda o pagamento de multa civil vinte vezes o valor de sua remuneração à época dos fatos, proibição de contratar com o poder público e dele receber incentivos fiscais ou creditícios. A multa civil será revertida à Polícia Civil do Estado de São Paulo”. O magistrado ainda penaliza a autoridade policial ao pagamento das custas e das despesas processuais.





A sentença foi proferida em maio último pelo juiz Bruno Miano. Ontem, a reportagem de O Diário não localizou o delegado Gustavo Bezerra, pois no início do ano ele tirou férias, licença prêmio e ingressou com o pedido de aposentadoria. Há informações que a autoridade já recorreu da pena imposta junto ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, pois foi absolvido no processo administrativo e no criminal.

Ontem, o diretor do CDP lembrou que uma denúncia levou agentes penitenciários a deterem Daniela Antolini durante a revista. Ela confessou que levava maconha para o seu marido Elton Barbosa. “O delegado não fez o flagrante por tráfico, pois a mulher levava um bebê no colo, mas dias depois durante correição feita pelo juiz Freddy Lourenço nós comunicamos a situação”, detalhou.

O delegado Gustavo Bezerra contestou a acusação durante a sua defesa no processo, baseando-se na independência funcional do delegado de polícia, considerando que não pode ser punido porque sua interpretação difere daquela do promotor de Justiça, além de ser absolvido do crime de Prevaricação em Primeira e Segunda Instâncias e inexiste comprovação de má-fé.

15 comentários:

  1. A justiça tem que ser feita porque esse tipo de gente esquerdopata" vai morrer fazendo cagada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc é muito trouxa. O que que tem a ver esquerda com a ação equivocada do delegado? Larga de ser jumento, por isso que vai morrer tirando 12 nessa gaiola fedida aí

      Excluir
    2. O delegado Gustavo Bezerra contestou a acusação durante a sua defesa no processo, baseando-se na independência funcional do delegado de polícia, considerando que não pode ser punido porque sua interpretação difere daquela do promotor de Justiça, além de ser absolvido do crime de Prevaricação em Primeira e Segunda Instâncias e inexiste comprovação de má-fé. RELEIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

      Excluir
  2. PARABENS AO DELEGADO,QUE NÃO SE PREOCULPA COM ESSA BOBEIRA,QUE SÓ ENCHE A CADEIA DE USUÁRIOS (DOENTES);OS DELEGADOS DEVEM DAR PRIORIDADE A PRISÃO DE LATROCIDAS,HOMICIDAS,ETC ESSES SIM SÃO PERIGOSOS PARA SOCIEDADE.ATE HOJE NÃO SOUBE DE NENHUM TRAFICANTE Q BATE NA PORTA DA CASA PARA OFERECER DROGAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quanta ignorância tratar traficante como se fosse ele a vítima em alguns países isso já seria o suficiente para pena de morte. Tinha era que por leis mais severa ai quem sabe diminuia o tráfico.

      Excluir
    2. Com certeza você trabalha na fundação casa,pois essa é a filosofia deles ,traficante nunca tem culpa a culpa é de quem usa.Não use o pouco tempo que você estudou pra criar um mundo utópico .Se liga sintonia de vagabundo!

      Excluir
    3. TRAFICANTE É A RAÇA MAIS MALDITA QUE TEM, POIS DESTROEM VIDAS HUMANAS E AINDA QUEREM IMPOR SUA "JUSTIÇA" HIPÓCRITA E VOCÊ TEM CORAGEM DE DEFENDE-LOS.SÓ PODE SER UMA PIADA DE PÉSSIMO GOSTO.

      Excluir
    4. QUE BOM SABER QUE EXISTEM TAMBÉM OUTRAS PESSOAS QUE PENSAM DE FORMA COERENTE! PARA AQUELES QUE ACHAM TER RAZÃO, ESQUECEM OU NÃO SABEM QUE INDEPENDENTE DE NÃO PRENDER EM FLAGRANTE, NÃO IMPEDIRÁ INQUÉRITO POLICIAL OU INDICIAMENTO DELA, MAS INFELIZMENTE A PICUINHA DE MP E POLÍCIA SEMPRE VAI EXISTIR. CÁ ENTRE NOS, IMPUNIDADE É UMA COISA QUE TEM QUE DEIXAR DE EXISTIR, LEI FORTE O SUFICIENTE COMO NORMA INTEIRA, NÃO EM APENAS ISOLADAMENTE, OU SEJA SO "PEQUENOS TRAFICANTES", OBRIGAR O DELEGADO "FORMALIZAR" UM AUTO SIM É UMA PIADA DE PÉSSIMO GOSTO.

      Excluir
  3. Você tem parentes que traficam! Só pode!Pra defender bandidos assim.Você está na área errada meu chapa.

    ResponderExcluir
  4. Isso serve para os diretores de unidades prisionais que não cumprem seus atos de ofício

    ResponderExcluir
  5. Prevaricação prevista em lei. Tem que ser cumprida. A perda do cargo como qualquer funcionário público foi merecida. Qual o valor que recebia para livrar traficantes de flagrante delito. Fica fácil dessa forma em vez de traficar aqui fora traficar e vender drogas dentro dos presídios. Tem que ser punido sim e que se faça de exemplo. Quem defende vagabundo e vagabundo. Trabalhar ninguém quer? Traficar é mais fácil. E pelo que eu saiba apologia ao crime e tráfico de drogas ainda é crime.

    ResponderExcluir
  6. de fato a prisão de visitantes que tenta entrar com droga na cadeia esta banalizado, isso para a delegacia ta cheio, tão ordinário que se pega o caminho mais rápido, e acredito ser a forma errada de proceder, lei é lei, nem o presidente do pais esta acima da lei, mas ainda sim alguns companheiros de trabalho fica reclamando do porque o jenis ainda coloca noticia das apreensões de "bebes de drogas". nunca devemos abaixar a cabeça para as coisas "erradas" ou ilegais e ate mesmo para as imorais. isso é um descaso com o trabalho de quem barra a entrada desse tipo de coisa na cadeia. imagina se o delegado manda prender e o juiz manda soltar... descaso com o trabalho do delegado.

    ResponderExcluir
  7. QUER DIZER Q VCS VAGABUNDOS DEFENDEM OS HOMICIDAS,LATROCIDAS,ETC PORQUE VCS PREFEREM UM ASSASSINO A UM DROGADO NA FAMILIA.a DROGA TEM CURA O CRIME NÃO. OTARIO EM VEZ DE SE DROGAR VA ASSALTAR OS OUTROS, VAGABUNDO LADRÃO VC VIVE COM O DINHEIRO DOS ASSALTOS Q REALIZA, TA EM QUAL RAIO

    ResponderExcluir
  8. O ASSASSINO A PROFISSÃO DELE É MATAR OS OUTROS O DROGADO MATA A SI PROPRIO" besta humana" "tapado" alem de defender assassinos como vc o q mais vc faz.o assassino te mata independente da sua vontade burro,asno , a droga vc usa se quiser no seu caso deve usar para esquecer os crimes q cometeu

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.

Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.