sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Vagabundo que assassinou agente penitenciário fugiu de presídio.


Esse vagabundo fugiu de um presídio em Marituba no Pará e o crime ocorreu em Santarém no mesmo estado.


Mas como esse blog é visto no país todo por agentes penitenciários, observe bem a foto do mesmo para que seja preso novamente.





Fonte: G1

Assassino de agente penitenciário santareno está entre foragidos do presídio de Marituba
Fuga aconteceu no dia 30 de julho após 27 presos usarem explosivos para quebrar uma parte do muro da casa penal. Frank França cometeu o crime em fevereiro de 2017.
Por Geovane Brito, G1 Santarém, Pará
01/08/2017 12h44 Atualizado 01/08/2017 12h55


Frank confessou ter matado o agente e alegou que o servidor o negava pedidos enquanto estava preso (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) confirmou na manhã desta terça-feira (1) que Frank França de Sousa, assassino confesso do agente penitenciário Paulo Daniel Pingarilho, está entre os 27 presos que fugiram do Presídio Estadual Metropolitano I (PEM I), no Complexo Penitenciário de Marituba. O crime aconteceu no bairro Livramento, em Santarém, no oeste do Pará, no dia 7 de fevereiro. (Veja lista de procurados)

A fuga aconteceu por volta das 3h do dia 30 de julho, quando os detentos utilizaram explosivos para derrubar parte do muro de segurança da unidade prisional por onde fugiram. De acordo com a polícia, a ação foi uma tentativa de resgate planejada. Um inquérito foi aberto para apurar o caso.
Segundo a Susipe, a corregedoria do órgão penitenciário vai abrir uma sindicância investigativa para apurar a fuga. Até esta manhã nenhum dos detentos foi recapturado. Quem tiver qualquer informação sobre os fugitivos pode fazer uma denúncia anônima pelo 181, ou pelo WhatsApp da Susipe no: (91) 98814-1218. O sigilo é garantido.

Morte agente
O agente penitenciário Paulo Daniel Pingarilho caminhava quando foi abordado por um homem de bicicleta que efetuou, pelo menos, três tiros na vítima que morreu no local. O criminoso abandonou o transporte e pegou um táxi que o deixou nas proximidades da ponte do Urumari. O caso aconteceu no dia 7 de fevereiro de 2017, no bairro Livramento.

Após investigações, a polícia prendeu no dia 18 de fevereiro Frank França, de 19 anos. O jovem estava em uma motocicleta com a placa adulterada, que foi apreendida. Com ele também foi encontrado um cordão, relógio, dinheiro e droga. Ele era foragido do presídio de Santarém.
Na delegacia, o acusado confessou que matou o agente penitenciário porque, enquanto estava em cárcere, o servidor não o teria levado à enfermaria e sempre negava os pedidos do interno.

O detento
Frank França de Sousa, conhecido como "Moranguinho” foi condenado a 5 anos em regime fechado pelo crime de roubo qualificado (art. 157) com base no Art. 157 do Código Penal. O crime aconteceu em março de 2015 quando Moranguinho acenou para a vítima, motoqueiro que atua no serviço clandestino, às proximidades da Praça das Flores, na Avenida Afonso Pena, Frank, com uma arma de fogo, anunciou o assalto. Ele levou da vítima a moto e pertences pessoais, como carteira e celular.
Em agosto de 2016, Moranguinho tentou fugir da penitenciária de Cucurunã, mas foi flagrado pelos policiais militares que estavam de plantão no local. Após diversas tentativas conseguiu fugir, dia 5 de fevereiro, e além de matar o agente penitenciário, dois dias após a fuga, é suspeito de cometer assaltos em Santarém no mês de fevereiro.

7 comentários:

  1. Agora fica mais fácil de cobrar .

    ResponderExcluir
  2. Favor ao encontrar o vagabundo, não prender. Ele não merece só 5 anos.Ninguém vai sentir falta desse lixo.E a família dele vai ter paz.

    ResponderExcluir
  3. QUE FALTA FAZ UMA PENA DE PRISÃO PERPÉTUA NO BRASIL.E SEM VISITA ÍNTIMA E JUMBO. MAS NOSSOS DEPUTADOS, JUÍZES E LEGISLADORES ESTÃO POUCO SE LIXANDO PRA ISSO! BRASIL, PAÍS DE TOLOS!!!!

    ResponderExcluir
  4. Certamente ele fugiu para poder provar o delicioso hot dog do Marquinhos, o mais falado da sap.

    ResponderExcluir
  5. Além do serviço ser tao difícil morrer por uma disgraça dessa.

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.