sexta-feira, 15 de julho de 2016

Auditoria liga ex-coordenador de presídios de SP a fornecedores de secretaria, segundo a Folha SP.


Na matéria da Folha no link abaixo, você verá fotos de casas que a Folha diz pertencer ao Sr. Hugo, ex coordenador da Coremetro.

É preciso uma investigação séria sobre esse assunto, nós servidores penitenciários sempre somos taxados de corruptos pela imprensa, além do governo de SP sempre achar cômodo sermos tratados dessa forma pela imprensa, só que dessa vez quem está na mídia é um ex coordenador, que tinha cargo de confiança designado pelo próprio governo de São Paulo. 

Queremos a CPI do Bandeco!!! Vou solicitar ao deputado Carlos Giannazi que peça uma CPI dos Bandecos na ALESP, você pode até não se importar com essa questão, mas o importante é que a nossa imagem não pode ser exposta dessa forma e ficarmos quietos, não somos coniventes com esse tipo de atitude que a corregedoria geral da administração diz ter havido.. Acredito que o MP será mais impiedoso ainda quanto a essa atitude relatada pela corregedoria geral reportada pela Folha de São Paulo.


Veja matéria da Folha de São Paulo: 



Auditoria liga ex-chefe de presídios de SP a fornecedores de secretaria
ARTUR RODRIGUES
DE SÃO PAULO

15/07/2016 02h00

Empresas da família do ex-chefe dos presídios da Grande São Paulo fizeram negócios com fornecedoras da Secretaria da Administração Penitenciária, segundo conclusão de auditoria da Corregedoria Geral da Administração.

A investigação foi aberta em setembro do ano passado por ordem do governador Geraldo Alckmin (PSDB), após reportagem da Folha revelar o enriquecimento da família de Hugo Berni Neto por meio de empresas do ramo imobiliário. Na ocasião, Berni também deixou a chefia das prisões, cargo que ocupava desde 2006, no governo de José Serra (PSDB).

Berni não foi localizado na tarde desta quinta-feira (14), mas em entrevista anterior negou irregularidades e afirmou ter como comprovar a origem de seu patrimônio. Como coordenador de 28 unidades prisionais, cargo de confiança do secretário Lourival Gomes, Berni era o responsável pelos contratos com as empresas que forneciam alimentos e outros serviços.

A Folha apurou que a auditoria rastreou negócios das empresas da família de Berni com ao menos cinco empresas ganhadoras de licitações da secretaria. Quatro são fornecedoras de alimentos para prisões e uma é da área de material de construção.

Promotores investigam se contratos superfaturados podem ter servido para irrigar as empresas de Berni. Uma das companhias rastreadas na apuração da corregedoria é a Geraldo J Coan, cujos contratos com a pasta já são investigados pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) e pelo Ministério Público.

Em 2010, o TCE reprovou contratação sem licitação de 2008, avaliada em R$ 1,2 milhão, para a alimentação de detentos da Penitenciária 2 de Itapetininga.

A Promotoria também investiga uma suspeita de superfaturamento em um contrato da empresa para fornecer alimentos para o Centro de Detenção Provisória de Belém –da coordenadoria chefiada por Berni.

A Geraldo J Coan também teve proprietários denunciados na chamada "máfia da merenda", acusada de fraudar licitações e pagar propina em municípios do Estado.

O fornecimento de quentinhas nas prisões tem gastos na casa dos R$ 200 milhões ao ano. O TCE já constatou diversas irregularidades na quantidade, preços e qualidade dessas refeições. Funcionários das prisões chegaram a encontrar objetos como pregos e cabeças de galinha dentro das marmitas destinadas aos presos.

IRREGULAR

A corregedoria também recomendou à Secretaria da Administração Penitenciária a instauração de procedimento por "inconsistência patrimonial e conduta irregular" contra Berni. Além disso, encaminhou os dados à Promotoria. Berni permanece como agente de segurança concursado do Estado, mas tem tirado sucessivas licenças do trabalho na secretaria.

Questionada sobre o assunto, a SAP afirmou que foram abertas 24 apurações a respeito de denúncias relativas a Berni. As investigações podem resultar na demissão dele. "Três delas já foram concluídas e encaminhadas à Procuradoria Geral do Estado com a recomendação de abertura de processo administrativo de natureza grave, que pode levar à demissão a bem do serviço público e o eventual ressarcimento aos cofres públicos", afirma a pasta.

Em setembro de 2015, levantamento da Folha mostrou como, em poucos anos, Berni saiu quase do zero e construiu casas em condomínios de alto padrão em Sorocaba (a 99 km de São Paulo) avaliadas em mais de R$ 7 milhões. Também foram iniciadas obras de um condomínio inteiro, com 24 casas, que podem alcançar R$ 15 milhões.

A Corregedoria Geral da Administração encontrou dez imóveis no nome de uma empresa da qual Berni é sócio, a Midas Empreendimentos, e mais 12 no nome da irmã dele, Rita de Cássia Berni.

INVESTIGADO NEGOU

O ex-coordenador dos presídios da região metropolitana de SP, Hugo Berni Neto, negou irregularidades na sua atuação, em entrevista concedida anteriormente à Folha. Ele afirmou que o patrimônio adquirido é fruto de "remanejamento" financeiro de outras duas empresas de sua família e de permutas.

Berni negou que haja desvios de recursos de contratos de licitações para a compra de imóveis. "Dá a entender que os recursos vêm daí pra lá. Mas graças a Deus não tem nada a ver", disse. O ex-coordenador afirmou não ser gestor das empresas, mas admitiu conversar diariamente com a irmã sobre os negócios imobiliários.

A reportagem procurou Berni nesta quinta (14) por e-mail enviado à SAP e por telefone na empresa da família, mas não obteve retorno. Nenhum responsável pela Geraldo J Coan foi localizado.

-
SUSPEITAS

Corregedoria conclui auditoria sobre ex-coordenador de presídios

QUEM É HUGO BERNI NETO, 51 - Ex-coordenador de presídios da Grande SP, era responsável por licitações milionárias da SAP (Secretaria Estadual da Administração Penitenciária), mas deixou o cargo em set.2015, após reportagem da Folha

QUAIS ERAM AS SUSPEITAS - A reportagem revelou que ele possuía bens incompatíveis com o cargo. Uma empresa da qual era sócio havia construído, em dois anos, 12 casas em condomínios de alto padrão de Sorocaba (SP)

QUAL ERA O VALOR DOS IMÓVEIS - Os empreendimentos levantados pela Folha chegam a R$ 22 milhões. É o equivalente a 102 anos de seu antigo salário de coordenador (R$ 18 mil mensais); Berni ocupou o cargo entre 2008 e 2015.

O QUE ELE DISSE - Que o avanço da empresa não tinha relação com o seu cargo na SAP e que, por ser funcionário público, não podia aparecer como administrador da empresa –oficialmente a cargo de sua irmã

O QUE A CORREGEDORIA CONCLUIU - As três empresas de Berni e de sua irmã, Rita de Cássia, fizeram negócios com empresas ganhadoras de licitações realizadas pela SAP. Foram rastreados, no total, 22 imóveis –10 no nome de uma empresa e 12 no nome da irmã

O QUE ACONTECE AGORA - A CGA (Corregedoria Geral da Administração) recomendou à SAP a instauração de um procedimento administrativo disciplinar (PAD) e comunicou suas conclusões ao Ministério Público, que investiga Berni

45 comentários:

  1. Se ele fizer uma boa delação premiada(nova ferramenta do jurídico brasileiro desde 2015), ele pode ganhar muitos privilégios judiciais, um bom advogado pode orientá-lo, pois a delação premiada precisa ser de livre e espontânea vontade do acusado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKK SE ELE FALAR TUDO QUE SABE SERÁ PROMOVIDO A PRESIDENTE DA REPÚBLICA. KKKKKK

      Excluir
    2. Verdade, uma vergonha tinha que ser perpétua, pois isso por incrível que pareça é do um pouco, se eles forem para cima mesmo não sobra quase ninguém que se salvs, queria que fossem também na fundação casa, lá sim é um berço de desvio de verba, lamentável!!!!!

      Excluir
    3. o grande problema é se o advogado dele pode fazer isso! kkkkkkkk

      Excluir
  2. Eta PSDB quando não é merenda é Bandeco.

    ResponderExcluir
  3. Será que o Lourival comunicou esse infeliz, na unidade que trabalho um guarda foi comunicado por levar 02 bolinhos de carne para um cachorro que fica na sub portaria.Esse safado ainda vai se aposentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AS VEZES, O GUARDA É COMUNICADO POR FALAR A VERDADE QUE NINGUEM QUER VER ... EIS A ETICA E A MORAL DA SAP EM ARARAQUARA!!!

      Excluir
  4. Qual $INDICATO vai fazer o corre pra ele

    ResponderExcluir
  5. Silvana Custódio / PFPirajuísexta-feira, julho 15, 2016 7:05:00 PM

    Sempre achei que havia alguma coisa errada mesmo com os produtos alimentícios (péssima qualidade) das Unidades. Vou aplaudir pelo desfecho dessa Auditoria. ��������������

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Silvana e colegas, eu particularmente acredito mais numa investigação séria e isenta do Ministério Público Estadual e bem menos em C.P.Is.
      Emanuel Marcos- penit. Assis/SP

      Excluir
  6. TREMEMBÉ NELE !!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Tudo, isto é armação, mentira, calunia, este senhor é um homem, bom e honrado, só por que o Cunha e seu espelho? que maldade!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  8. DONALD TRUMP 2016 e BOLSONARO 2018

    ResponderExcluir
  9. faltou citar em que unidade ele está trabalhando atualmente!

    Ah... ele é guarda sim! 15 mil reais líquido de salário ao mês, segundo a transparência! E trabalha aonde? em que cadeia????? Em nenhuma cadeia!! Em que coordenadoria??? Na de reintegração social!!! Sim, ele fez oq fez e ganhou um bonde pra cidade dele para trabalhar no centro de atendimento ao egresso!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Tomara que acasa caia mesmo pois é muita gente envolvida e enriquecendo ilicitamente mas como é dinheiro da escória da sociedade como dizem não investigam,pois é preciso limpar toda essa sujeira,tirar todos esses corruptos pois o país está assim por causa deles também.

    ResponderExcluir
  11. É engraçado que na matéria está escrito "ele é agente de segurança penitenciário concursado" devido a fragilidade do sistema,esse pessoal do primeiro escalão esquece de suas origens.

    ResponderExcluir
  12. Senhores Funcionarios,,

    fiquem atentos ao cardapio diario oferecido nas unidades... voces veram que sempre havera mudança repentiva.NA ALIMENTAÇÃO OFERECIDA.. sem a devida reclamação por parte dos senhores diretores das unidades..
    dai sim comprova se irregularidades em valore dos (alimentos OFERECIDOS ) BANDECOS... ISSO CAUDA MUITA IRRITABILIDADE DOS SENHORES ADMINISTRADORES DE PRESIDIOS..... pois valores pagos serão contrarios e muitas vezes salsichas ao molho do fregues
    kkkk

    ResponderExcluir
  13. Tem problemas desde 2008,e o Hugo estava no cargo até 2015, como o Lourival não tomou nenhuma atitude? Algumas coisas são estranhas, não dá para entender.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resposta simples.... nem precisa falar

      Excluir
  14. E olha que a muito tempo atrás os antigos já diziam na Radio Asp que bandecos a 8,00 lá em 2007...2008....arroz...feijão...abóbora ralada e um gomo de linguiça velha e mofada..tinha angú....kkkk

    ResponderExcluir
  15. TEM QUE PEDIR CPI SIM...POR CULPA DESSES DIRIGENTES CORRUPTOS O ASP SOFRE NO PAVILHÃO, POIS É O ASP QUE ESTÁ FRENTE A FRENTE COM O PRESO

    ResponderExcluir
  16. Há dezenas de anos existem denúncias contra os desgovernos TUCANOS de SP: superfaturação da comida na antiga FEBEM é antiga, bem como construção e reformas.
    A JUSTIÇA DA SUIÇA mandou provas da ladroeira no METRÔ e só foram indiciados uns desconhecidos, mas o TUCANATO foi protegido. E há os crimes do RIO TIETÊ, MONOTRILHO, RODOANEL, MAFIA DA MERENDA E DO SUS e muito mais...

    ResponderExcluir
  17. e tem unidade que o diretor diz que nao tem dinheiro, guarda fazendo blitz com luva de lavar banheiro que depois o preso lava pra depois usa de novo cdp osasco 2 de osasco e assim

    ResponderExcluir
  18. isso eclode bem agora , com a olimpiada chegando, só para ser abafado, pois que canal de tv vai comentar isso? tantos atletas internacionais chegando, o mundo de olho na olimpiada, pra mim ja fizeram de proposito jogaram essa noticia bem agora, pois amanha mesmo vai cair no esquecimento

    ResponderExcluir
  19. enquanto isso aquele "diretor" que autoriza velório de visita dentro da penitenciária e banheira para o Law segue intocável...

    ResponderExcluir
  20. Pessoal o que não consigo entender é vamos la!!!

    Todos ASP que se encontram trabalhando em desvios de função, bem como nas Secretarias e Coordenadorias recebendo INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE ou seja seus proventos inteiros também estão onerando o ESTADO comprovadamente ato de IMPROBIDADE PURA!!! e ta passando batido pelos Orgãos fiscalizadores?? Tem que serem revisto isso também, ou não?

    Será que a Secretaria da Fazenda tem conhecimento disso?

    CGE sabe disso??

    Ta tudo errado, e ninguém ve nada..

    Existe uma oneração total nos cofres tem que serem revistos também...MUNDO IMUNDO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SABEM E O PIOR , SÃO CONIVENTES..

      Excluir
  21. Pessoal o que não consigo entender é vamos la!!!

    Todos ASP que se encontram trabalhando em desvios de função, bem como nas Secretarias e Coordenadorias recebendo INSALUBRIDADE E PERICULOSIDADE ou seja seus proventos inteiros também estão onerando o ESTADO comprovadamente ato de IMPROBIDADE PURA!!! e ta passando batido pelos Orgãos fiscalizadores?? Tem que serem revisto isso também, ou não?

    Será que a Secretaria da Fazenda tem conhecimento disso?

    CGE sabe disso??

    Ta tudo errado, e ninguém ve nada..

    Existe uma oneração total nos cofres tem que serem revistos também...MUNDO IMUNDO.

    ResponderExcluir
  22. Paira sempre a dúvida se o ladrão está intra ou extra muros. Os verdadeiros, eu digo.

    ResponderExcluir
  23. Deveríamos ver a credibilidade do nosso Secretário: divulgar a Declaração de Bens do Sr. Hugo Berni desde 2005, que ele entregou no setor de pessoal. Não montar uma agora, mostrar a que ele entregou. Ai provaríamos mais uma vez que somos simplesmente um RF. Ele não fez isto tudo sozinho, e também não ficou com todo dinheiro. Isto foi distribuído para mais alguém. Quem.....

    ResponderExcluir
  24. Tá ruim pra ele, né?! Acabo de pesquisar o salário do cara no site transparência.sp.gov.br


    REMUNERAÇÃO - Mês de Referência 06 / 2016


    HUGO BERNI NETO SAP AG.SEG.PENITENC.CLASSE VII 15.209,81 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 19.468,28

    ResponderExcluir
  25. Infelizmente seriam punidos se fossem um ASp que trabalhasse na chave! no caso deste peixe grande é bem capaz de ainda voltar como coordenador! Uma Vergonha!!! Vamos acordar!

    ResponderExcluir
  26. E o secretário, o atual, vai me dizer não sabia de nada. Tai ele na mídia com essa cara de trouxa como se não soubesse das falcatruas do seu pimpolho. Prendam os ladrões!

    ResponderExcluir
  27. Pois é Mouro se vc quiser abre o lava cela que vc vai encontrar mais que a petrobras

    ResponderExcluir
  28. Com certeza, basta verificar os preços inicialmente estimado para construção de novas Unidades e o valor final da construção. Apontem uma que não esteja com aditamento nos contratos. Sem contar a grande roubalheira nas demais aquisições e as apropriações indevidas e tidas como normal feitas pelos dirigente das Unidades. Recebem pro labore e tem custo zero. Aplausos para este Estado

    ResponderExcluir
  29. Senhores Membros do Ministerio Público, aproveitem e fiscalise a tal de CHEFF GRIL ou NUTRI FEST... verão que a coisa não parou ...

    ResponderExcluir
  30. Eu não acredito nem no MP do ESTADO DE SP,até porque todas essas falcatruas que ocorreram ou ocorrem no sistema prisional tem a anuência do governo,por isso o descrédito em uma investigação seria do ministério publico,há muitos outros presídio com corrupção pelos diretores ,são feitas varias denuncia e a nossa corregedoria não se manifesta contra diretores,e tenta por de tudo levantar o nome do denunciante para poder prejudica-lo.É a explicação o cargo de indicação,só vai quem presta atenção e fala a mesma língua.Nossa secretaria é uma brincadeira!!

    ResponderExcluir
  31. veja a tal de nutri fast e chef grill, mesma empresa somente mudou o logo, e esta em conluiu com o cdp de franco em uma de seus contratos esses de coogestão com diadema o ultimo que bateu de frente com a empresa em uma reunião foi tirado de pois de uma semana da diretoria geral.
    Investiguem e procurem saber quem leva vantagem em franco com isso e o diretor de franco que fez parte da reunião ganhou cargo de diretor administrativo, porque será.........

    ResponderExcluir
  32. tem que verificar tbm os caminhoes de água que vem desde 2006 para as unidade de Guareí

    ResponderExcluir
  33. a empresa gramacom e outras, os gastos com o transporte de água, dão pra fazer várias represas e estações de tratamento de água...

    ResponderExcluir



Seu comentário é bem vindo, porém não será postado caso o moderador entenda que existam ofensas ou que não se aplique ao assunto da postagem.
Identificando-se, sua crítica, favorável ou contrária, terá mais credibilidade e respeitabilidade junto aos leitores.

Comente a postagem, para perguntas ou bate papo com o autor do BLOG,
jenisdeandrade@yahoo.com.br,
Jenis de Andrade no Facebook.